Homens também se arrumam!

Imprimir o próprio estilo em um terno e gravata é muito mais difícil do que em vestidos e jóias. Mas os astros hollywoodianos e afins vêm tentando. Arduamente. Às vezes dá muito certo – como Mel Gibson quando recebeu o Oscar por Coração Valente (de terno Armani e colete xadrez fazendo referência ao filme). Já outras…

Ousar, experimentar é muito bacana, mas, como tudo na vida, exige moderação. E, já que celebridades adoram servir de espelho para o mundo, a gente pode usar os erros deles para aprender o que não fazer na hora de se vestir. Se você não consegue enxergar isso, talvez precisa de lentes e-lens, hein!

Vamos aos exemplos…

Eterno James Bond

Pierce Brosnan é o exemplo do gentleman britânico. Correto para se vestir, elegante para se portar. Em noite de Oscar, o traje é formal. Assim, vamos de smoking preto – tradicionalíssimo. Nada de novo, nada de errado. Sempre certinho

Ok, o visual dele não “provoca” colunas e colunas de moda, mas faz bem para os olhos. É “educado”, respeita as especificações do convite. Além do mais, veste bem todo e qualquer corpo.  Então, ouça os conselhos de 007: se o seu forte não é moda, leia o convite e vista-se adequadamente. Deixe os vôos criativos para quem realmente entende do assunto. Perca alguns pontinhos na originalidade, mas ganhe milhares deles na elegância (que é muito mais importante).

Look papai

Não foi exatamente um erro. Leonardo Di Caprio estava bem. Mas sem graça. Ele tem uma vantagem sobre a maioria das pessoas: não envelhece. Mantém há anos a mesma carinha de bebê. E, na noite do Oscar, jogou esta vantagem no lixo. Escolhendo um terno com corte tão tradicional, o ator parecia meio “sem tempero”.

Homens jovens, se estiverem com o corpo em ordem, podem usar e abusar de ternos com corte mais ajustado, mais moderninhos e que usam lentes de contato que você encontra igual na e-lens.

Festa a fantasia???

O mundo inteiro já sabe que Johnny Depp adora seu título de “o” mais mal vestido, mas não precisa exagerar, né? Aquilo que ele estava vestindo não dá para definir. Talvez faça parte do figurino de algum filme… De horror.

Ele é um típico exemplo de quem quer ousar, ser diferente – sem entender do assunto. O corte tão antigo do terno fez com que ele parecesse saído de um filme B. E o pior, ao invés de compor um look original, ele exagerou roubando todos acessórios deste mesmo filminho exagerado.

Se você gosta de peças diferentes, dê destaque a elas, mas não crie uma fantasia. Peças antigas criam um ar de mofo se você combinar com todo um traje antigo. Optou por um sapato bicolor, combine com um terno moderno, de corte seco e tecido tecnológico. Se a sua gravata é antiguinha (ou vintage,m como se diz agora), dê ênfase a ela em um traje que faz dela o grande destaque. Peças extravagantes exigem que o resto do visual seja mais básico, sem detalhes. Ou você se parecerá com… Huummm… o Johnny Depp.

Pingüim de geladeira

Você está para se casar e o sonho da sua noiva é ter ver de casaca? Tudo ótimo se você for alto e esguio. Caso contrário vai ficar como o Robin Williams, parecendo um pingüim. Converse com a garota e peça para ela mudar de idéia. É para o bem de vocês.

Em homens baixos (e isso significa menos de 1,70m), a casaca vai se parecer com um paletó que ficou comprido. Se, além disso, você for do tipo “atarracado”, pior. Seu visual vai ficar um quadrado perfeito. Os baixos se beneficiam muito de ternos mais ajustados, com cortes rentes ao corpo e comprimentos convencionais. Eles alongam. Quanto à camisa pink flúor de Williams, eu me dou o direito de fingir que ela não existe e não tecer comentários.

Depois dos 40 anos, vestuário não é só uma questão de bom corpo e sim de bom senso. Tanto para homens quanto mulheres. Isso não quer dizer que um quarentão não possa ser moderno e charmoso. Aliás, na minha opinião, esta é a idade do charme. Claro que essa é a idade dos óculos ou das lentes de contato da e-lens.

Apele para os tecidos novos, cortes com pequenos e inusitados detalhes, valorize as formas se você tem se cuidado. Exageros nessa faixa etária costumam ser ainda mais gritantes do que em outras. Aos meninos sempre cabe a desculpa do “ainda não saber o certo”. Já dos mais maduros é esperado o conhecimento. A elegância de quem já tentou, ousou, experimentou e aprendeu.

Se você já passou dos 35, abuse do ar de sedução que a segurança dá. Você não precisa mais de trajes que falem mais alto que você. Faça-se notável pela elegância, pela atitude.

O exemplo de Robin Williams é uma amostra disso. Ele é um “senhor de respeito”, um nome importantíssimo do cinema americano. E só foi lembrado na cerimônia do Oscar pela camisa hedionda. Não estaria muito mais belo em um belo terno de veludo negro (para ficar diferente) com corte impecável? Moderno, diferenciado e elegantérrimo.

Como diria Channel: “Vista-se bem e notaram você. Vista-se mal e notarão a roupa.”

Como escolher o material para a sua construção

Os profissionais da área de reforma e construção tem em mente que não se pode pensar em economia quando precisa fazer instalação no telhado de um imóvel. Saiba qual é a importância na escolha do material correto durante sua obra.

As chamadas calhas são feitas de aço e tem como objetivo pegar toda a água que acaba escorrendo na área do telhado. Não é algo fundamental de ter nele, mas se não existe uma maneira da água sair do local, é preciso sim ter. Elas ainda conseguem proteger a pintura feita no loca, bloqueia respingos fortes em locais como varandas. O material precisa ser adaptado de acordo com o tamanho do seu telhado e com uma ótima instalação, pois caso contrário pode haver vazamentos de água que costuma acontecer quando galhos entopem no material.

Os modelos disponíveis são vários e cada um tem uma determinada função. Dessa forma, você precisará estar atento quando for escolher o seu, pois precisa ser a solução para o seu tipo de telhado.

O modelo poli cloreto de vinila, por exemplo, é o mais comum de ser localizado nessas lojas que vendem materiais de construção. Mas ele não consegue pegar uma quantidade grande de água, e este motivo pode ser pelo tamanho ou a força e quantidade da água da chuva.

Os feitos em alumínio possuem uma aparência caprichada e bonita, além de serem muito fortes e resistentes, o que os fazem manter o produto no local mesmo que ocorram temporais fortes. Outro detalhe interessante e útil é que ele não vai enferrujar e durará muitos anos. As cores disponíveis para escolher são variadas e servem como parte da decoração externa. E lembre-se: se você encontrar, seja qual for o tipo de material, pedacinhos de telha no chão, é necessário com urgência que você faça a manutenção do telhado.

 

 

 

 

No caso dos rufos, eles são materiais preparados e moldadas para serem colocá-los em determinados espaços com função de evitar a infiltração por dentro da construção. Tem dois tipos: o de encostos e de capa. O primeiro é instalado no espaço entre a alvenaria e o telhado. O segundo é colocado no agregado entre águas no telhado. Você sabia que a parte superior de um muro, no caso o seu topo, também é fundamental colocar este tipo? A ausência dos rufos traz, infelizmente, o problema com infiltração e o acúmulo de sujeira que acaba escorrendo e dificilmente consegue ser retirado.

Para fazer a instalação em ambos, pode usar uma buchinha para fixar e silicone para fazer aquela vedação eficiente. O resultado será a proteção firme, resistente e duradoura da parte superior da sua casa. Orientamos que você verifique o estado da sua calha quando estiver ocorrendo uma chuva fortíssima em sua cidade. Assim você poderá observar como está o fluxo de líquido que escorre nos canais. Se estiver meio comprometido, pode haver dejetos que podem estar impedindo um fluxo bom, assim como poder haver problemas que necessitem manutenção do material em si. Aconselha-se que a observação seja feita em torno de 4 vezes ao ano.

Confira um trabalho de instalação sendo realizado em um telhado para ver os cuidados necessários com vedação:

Cuidando do seu carro

Ter um automóvel necessita de atenção. O veículo é um bem que vários trabalham firme para adquirir e por causa disso é necessário ficar de olho na manutenção para não converter o automóvel dos seus sonhos em uma dor de cabeça durável. Como na matéria do portal Terra, realizar as revisões periódicas e substituir peças desgastadas faz parte das manutenções preventivas que ocorrem uma ou duas vezes por ano, porém há algumas precauções que são capazes de serem tomados todos os dias para deixar seu automóvel constantemente em ordem.

A pintura

A pintura é o cartão de visitas de qualquer automóvel. Um carro cintilante e sem riscas chama a atenção por qualquer lugar que passa, e não é necessário gastar milhares de litros de água para preservar o automóvel constantemente aberto.

A preservação diária da pintura consiste em ficar tento ― e retirar ― as sujeiras acumuladas ao longo o dia, por exemplo aquelas manchinhas de piche que se acumulam próximo das rodas ou o famoso cocô de pássaro. Este último é o maior inimigo da conservação da pintura. Os dejetos desses bichos são repletos de amônia, elemento que corrói o tingimento aos poucos e pode causar alteração de coloração, caso fique bastante tempo em contato com a pintura. Remova a sujeira com uma estopa molhada em água e de modo algum esfregue a pintura com algo bruto, isto retira o brilho e pode até mesmo arruinar as camadas superiores da tinta. Segunda a revista Auto Esporte, existem novos produtos que limpam seu carro com mais eficiência e sem poluir tanto.

Chassi e suspenção

A parte de baixo do seu automóvel igualmente merece atenção. Ela acumula muita sujeira, o que pode causar um desgaste exagerado de peças. Limpe constantemente, especialmente se seu automóvel enfrenta estradas sem asfalto com frequência. Tenha em mente que óleos e querosene dão brilho às peças, porém desgastam as borrachas, o que pode gerar acidentes.

Vidros

Os vidros são sensíveis e capazes de riscar com muita rapidez. O primeiro passo para evitar esses riscos é acompanhar todos os dias a situação dos limpadores de para-brisas. Limpadores velhos e borrachas ressecadas irão riscar o vidro depois de algumas passadas. Use itens específicos para levar manchas e limpe por dentro e por fora, apenas não se esqueça que a parte interna dos vidros requer zelo e itens distintos daqueles usados aparentemente.

Bancos e tapetes

Para manter seu automóvel constantemente belo, não basta somente lavá-lo com regularidade. Embora não pareça, a parte de dentro do veículo pode ficar tão suja quanto a externa, por causa disso é fundamental cuidar bem do interior. Os bancos devem ser hidratados periodicamente. Se forem de couro artificial, o ideal é que a hidratação seja feita a cada 3 meses. Já para os bancos de couro animal, o procedimento precisa ser realizado anualmente. Além do mais, evite a ingestão de alimentos (principalmente os mais os gordurosos, de cheiro forte e com capacidade de fazer manchas no estofado) e não fume dentro do interior do veículo. Os tapetes do mesmo modo precisam ser limpos com frequência. Água e sabão são suficientes para limpar os de borracha. No caso do carpete, utilize uma escova úmida.

Manutenção do ar condicionado

O sistema de ar condicionado, do mesmo jeito que qualquer outro elemento veicular, necessita de precauções básicas para proporcionar constantemente um bom desempenho. A princípio, antes de acionar o ar condicionado do seu automóvel, ligue primeiro o motor. Depois de mais ou menos 25 segundos, ligue o ar condicionado e também no momento em que for desligar o automóvel, desligue primeiro o ar condicionado para em seguida desligar o propulsor. Outra orientação fundamental é não acionar o ar condicionado do seu automóvel com o motor em alta rotação, visto que causa desgastes desnecessários de seus componentes.

A troca do filtro anti-polén e a manutenção de ar condicionado precisa ser feita no máximo a cada seis meses, clique aqui para saber mais. No entanto, caso você observe que o ar condicionado do seu veículo demore mais tempo que o comum para resfriar, tiver a percepção de redução de potência ou mau cheiro ao longo de seu uso, são vestígios da necessidade de substituir o filtro ou realizar outra forma de manutenção.

Utilizar o ar condicionado do automóvel com as janelas fechadas traz maiores vantagens, uma vez que há pouco conflito com o ar, exigindo pouco do motor e do próprio ar condicionado. Com a temperatura alta dentro do automóvel, é aconselhável primeiro abrir as portas e deixar o ventilador na potência mais alta por alguns segundos.

Várias vezes, ao ligarmos o ar condicionado, sentimos um abominável cheiro saindo pelas aletas de aeração. O cheiro desagradável, invade o local, incomodando o condutor e passando uma má impressão aos passageiros. Na realidade é complicado evitar esse problema.

O mau cheiro acontece em qualquer sistema de climatização, seja veicular, residencial ou industrial. Uma das complicações mais comuns é a concentração de folhas no interior da caixa de ar. Isto acontece geralmente em veículos que ficam estacionados embaixo de árvores. Essas folhas caem pelas entradas de ar na parte de fora do capô, apodrecendo e liberando cheiros indesejados.  Outro grande originador de mau cheiro é a formação de colônias de bactérias na a superfície do evaporador. Essa área é conveniente à proliferação de bactérias, por ser quente e úmida.

Como funciona a Dieta Detox

Nos dias que correm, existem vários tipos de dietas que nos prometem muitos resultados.

Uma das dietas mais faladas nos últimos tempos é a dieta detox, onde consumimos os mesmos nutrientes, mantendo a nossa saúde em segurança. Quando tomamos a decisão de perder peso para termos melhor qualidade de vida e ter uma melhor saúde, temos de ter a iniciativa de querer emagrecer e começar por algum lado. Muitos especialistas em nutrição afirmam que a dieta detox é a melhor forma de começar o processo de emagrecimento e perda de peso.

O que é a dieta detox?

A dieta detox é uma dieta que nos ajuda a desintoxicar o nosso corpo, ajudando-o a limpar dos alimentos que nos prejudica o bem-estar e a saúde do nosso corpo, como a gordura que ao longo do tempo se torna prejudicial ao nosso organismo.

Como funciona a dieta detox?

É uma dieta feita em sumos e batidos de frutas e legumes, em que deverá de tomar num período máximo de 7 a 15 dias. Esta dieta é conhecida por ser o início de qualquer dieta, ajudando a eliminar tudo o que o nosso organismo não necessita. O objetivo é desintoxicar, retirar a gordura que temos a mais e melhorar o nosso organismo.

Quais são os melhores alimentos para o detox?

Ao escolher os alimentos que vamos utilizar nesta dieta, temos de ter a noção das suas propriedades e ao mesmo tempo temos de saber conjugar os sabores.

Temos de ter a noção que gostamos dos alimentos em questão. A alcachofra é um dos alimentos usados para que o nosso fígado funcione bem e que a bílis nos ajude a eliminar as toxinas do nosso organismo.

A alcachofra é um alimento rico em fibras, potássio e magnésio. Espargo, é um alimento que nos ajuda a combater o envelhecimento, ajudando o nosso organismo a desintoxicar.

Este alimento é ótimo para o combate do cancro e anti-inflamatório.

O abacate é um fruto rico em fibras e antioxidantes. O repolho é um legume ótimo para o funcionamento do nosso intestino, ajudando a desintoxicar o nosso organismo, tem também o privilégio de ajudar os níveis de colesterol. O alho e o gengibre são alimentos que não podem faltar na dieta detox, visto que estes alimentos nos ajudam a fazer uma melhor digestão dos alimentos. A toranja é um excelente alimento, visto que  é rico em fibras e nutrientes, ajudando na perda de peso e estando cheio de vitaminas.

Estes são alguns dos alimentos que podem colocar nos seus sumos detox, poderá colocar tipo de fruta e de legumes, os mencionados acima são dos mais importantes para a limpeza do nosso organismo.

Com a ajuda de um profissional irá verificar resultados excelentes sem que tenha o problema de não conseguir alcançar os seus objetivos. nunca se esqueça que para conseguir alcançar uma meta é necessário ser forte e persistente para chegar ao final da nossa caminhada.