Homens também se arrumam!

Imprimir o próprio estilo em um terno e gravata é muito mais difícil do que em vestidos e jóias. Mas os astros hollywoodianos e afins vêm tentando. Arduamente. Às vezes dá muito certo – como Mel Gibson quando recebeu o Oscar por Coração Valente (de terno Armani e colete xadrez fazendo referência ao filme). Já outras…

Ousar, experimentar é muito bacana, mas, como tudo na vida, exige moderação. E, já que celebridades adoram servir de espelho para o mundo, a gente pode usar os erros deles para aprender o que não fazer na hora de se vestir. Se você não consegue enxergar isso, talvez precisa de lentes e-lens, hein!

Vamos aos exemplos…

Eterno James Bond

Pierce Brosnan é o exemplo do gentleman britânico. Correto para se vestir, elegante para se portar. Em noite de Oscar, o traje é formal. Assim, vamos de smoking preto – tradicionalíssimo. Nada de novo, nada de errado. Sempre certinho

Ok, o visual dele não “provoca” colunas e colunas de moda, mas faz bem para os olhos. É “educado”, respeita as especificações do convite. Além do mais, veste bem todo e qualquer corpo.  Então, ouça os conselhos de 007: se o seu forte não é moda, leia o convite e vista-se adequadamente. Deixe os vôos criativos para quem realmente entende do assunto. Perca alguns pontinhos na originalidade, mas ganhe milhares deles na elegância (que é muito mais importante).

Look papai

Não foi exatamente um erro. Leonardo Di Caprio estava bem. Mas sem graça. Ele tem uma vantagem sobre a maioria das pessoas: não envelhece. Mantém há anos a mesma carinha de bebê. E, na noite do Oscar, jogou esta vantagem no lixo. Escolhendo um terno com corte tão tradicional, o ator parecia meio “sem tempero”.

Homens jovens, se estiverem com o corpo em ordem, podem usar e abusar de ternos com corte mais ajustado, mais moderninhos e que usam lentes de contato que você encontra igual na e-lens.

Festa a fantasia???

O mundo inteiro já sabe que Johnny Depp adora seu título de “o” mais mal vestido, mas não precisa exagerar, né? Aquilo que ele estava vestindo não dá para definir. Talvez faça parte do figurino de algum filme… De horror.

Ele é um típico exemplo de quem quer ousar, ser diferente – sem entender do assunto. O corte tão antigo do terno fez com que ele parecesse saído de um filme B. E o pior, ao invés de compor um look original, ele exagerou roubando todos acessórios deste mesmo filminho exagerado.

Se você gosta de peças diferentes, dê destaque a elas, mas não crie uma fantasia. Peças antigas criam um ar de mofo se você combinar com todo um traje antigo. Optou por um sapato bicolor, combine com um terno moderno, de corte seco e tecido tecnológico. Se a sua gravata é antiguinha (ou vintage,m como se diz agora), dê ênfase a ela em um traje que faz dela o grande destaque. Peças extravagantes exigem que o resto do visual seja mais básico, sem detalhes. Ou você se parecerá com… Huummm… o Johnny Depp.

Pingüim de geladeira

Você está para se casar e o sonho da sua noiva é ter ver de casaca? Tudo ótimo se você for alto e esguio. Caso contrário vai ficar como o Robin Williams, parecendo um pingüim. Converse com a garota e peça para ela mudar de idéia. É para o bem de vocês.

Em homens baixos (e isso significa menos de 1,70m), a casaca vai se parecer com um paletó que ficou comprido. Se, além disso, você for do tipo “atarracado”, pior. Seu visual vai ficar um quadrado perfeito. Os baixos se beneficiam muito de ternos mais ajustados, com cortes rentes ao corpo e comprimentos convencionais. Eles alongam. Quanto à camisa pink flúor de Williams, eu me dou o direito de fingir que ela não existe e não tecer comentários.

Depois dos 40 anos, vestuário não é só uma questão de bom corpo e sim de bom senso. Tanto para homens quanto mulheres. Isso não quer dizer que um quarentão não possa ser moderno e charmoso. Aliás, na minha opinião, esta é a idade do charme. Claro que essa é a idade dos óculos ou das lentes de contato da e-lens.

Apele para os tecidos novos, cortes com pequenos e inusitados detalhes, valorize as formas se você tem se cuidado. Exageros nessa faixa etária costumam ser ainda mais gritantes do que em outras. Aos meninos sempre cabe a desculpa do “ainda não saber o certo”. Já dos mais maduros é esperado o conhecimento. A elegância de quem já tentou, ousou, experimentou e aprendeu.

Se você já passou dos 35, abuse do ar de sedução que a segurança dá. Você não precisa mais de trajes que falem mais alto que você. Faça-se notável pela elegância, pela atitude.

O exemplo de Robin Williams é uma amostra disso. Ele é um “senhor de respeito”, um nome importantíssimo do cinema americano. E só foi lembrado na cerimônia do Oscar pela camisa hedionda. Não estaria muito mais belo em um belo terno de veludo negro (para ficar diferente) com corte impecável? Moderno, diferenciado e elegantérrimo.

Como diria Channel: “Vista-se bem e notaram você. Vista-se mal e notarão a roupa.”

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *